BOAS NOTÍCIAS! Acabamos de angariar 30M$. Clique aqui para saber mais

Aviso hoteleiro: a Booking alterou a sua forma de pagamento

Rafael da Silva

30 Nov, 2022

Se gere um alojamento turístico, acredito que recebe uma boa parte das suas reservas através da Booking. Também acredito que gostaria de mudar esse cenário para aumentar as suas reservas diretas e pagar menos comissões. Ainda para mais agora com a implementação dos Cartões de Crédito Virtuais da Booking que lhe retiram o controlo sobre os pagamentos dos seus hóspedes e que lhe cobram taxas adicionais por cada transação.

Gostaria de recuperar o controlo sobre os seus pagamentos? Quer saber mais sobre a nova política de pagamentos do Booking e quais as desvantagens para o seu negócio?

Está no sítio certo! Este artigo dá-lhe as soluções para reconquistar a independência do seu negócio e reduzir as comissões pagas às agências de viagem online.

Abordaremos os seguintes pontos:

— O que são os Cartões de Crédito Virtuais da Booking?
— Quais são as formas de pagamento do Booking?
— Como alterar a forma de pagamento no Booking?

O que são os Cartões de Crédito Virtuais da Booking (VCC) e como afetam o seu negócio?

Segundo Guilain Denisselle da plataforma francesa Tendance Hotellerie, a Booking enviou um email aos hotéis independentes anunciando que quando um hóspede escolhe pagar no local, a verificação do cartão de crédito será realizada pela Booking. O mesmo irá acontecer para a cobrança de taxas de cancelamento e de não comparência.

À primeira vista, esta medida aparenta unicamente beneficiar os hoteleiros, oferecendo mais segurança nas transações e eliminando tarefas de pré-autorização e de validação de cartões. Mas será tudo um mar de rosas?

Basicamente, a Booking cria um Cartão de Crédito Virtual (VCC) temporário para lhe pagar as reservas que os seus hóspedes pagaram no Booking.com. Imagine que o cartão é introduzido pelo cliente (e duplamente autenticado) para ser armazenado num cofre digital. Este em troca emite um ‘token’ válido apenas para o hotel em questão, um ‘token’ que não tem nenhum interesse ou valor para os ‘hackers’. Este ‘token’ pode ser entendido como um cartão virtual do cartão físico do cliente, que o seu único propósito existencial é armazenar o pagamento daquela reserva. Ou seja, cada VCC tem um número de cartão único, data de validade e código de verificação do cartão (CVC), e estes detalhes nunca serão reutilizados. 

Que significa isto? Significa que a Booking dá um passo tremendo para reivindicar ainda mais a sua supremacia sobre o mercado online da hospitalidade.

No passado, a Booking limitava-se a ser um intermediário tecnológico entre o hotel e o hóspede, fornecendo visibilidade online e clientes aos hotéis, ganhando uma comissão por cada reserva. Sendo a transação (segundo os termos e condições) concluída entre o cliente e o hotel.

Agora, a Booking toma a decisão unilateral de implementar um novo esquema de pagamentos, que recebe os pagamentos e as informações dos cartões dos hóspedes e ainda se leva uma taxa de comissão maior pelo serviço! Sim, é verdade, a taxa de intercâmbio para o banco emissor (o banco do cliente) e para cartões de crédito normais não supera os 0,3% por transação (0,2% para cartões de débito). Contudo, para cartões de crédito virtuais, a taxa é muito mais elevada, chagando a 1,65%. Ou seja, é 5,5 vezes mais elevada do que a taxa normal de cartões de crédito.

Mas há mais! Com esta medida os hoteleiros perdem a visibilidade do fluxo de dinheiro do seu negócio, visto que passam a não constatar o dinheiro até uma semana ou um mês mais tarde, dependendo dos termos da sua conta Booking. Além disso, os hotéis não poderão vender os seus serviços complementares antes da chegada do hóspede, tais como ‘upgrades’ de quarto, atividades de lazer, refeições especiais, etc.

Mas claro, como tudo na vida, há prós e contras com este serviço da Booking e cada hoteleiro tem as suas necessidades e preferências. Se lhe interessa que a Booking receba e processe os pagamentos por si, talvez o melhor seja mesmo aceitar esta nova política e receber transferências bancárias da Booking. Se se sente quer ter mais controlo sobre os seus pagamentos e quer mudar esta situação no website da Booking, continue a ler este artigo.

Quais são as formas de pagamento do Booking?

Antes de avançar para os passos no website, convém entender as 3 contas presentes no Booking.com.

Existem 2 tipos de contas geridas pela iniciativa “Payment by Booking.com”: a conta “Exclusive” e a conta “Hybrid model”. — estas estão sujeitas a Cartões de Crédito Virtuais.

Apenas 1 tipo de conta pode operar sem o “Payment by Booking.com”: a conta “Hotel Collect”. — esta possibilita recolher os detalhes do Cartão de Crédito no momento da reserva.

As diferenças:

Exclusive:

— Utilizadores não “trusted”
— Não há opção para tratar dos pagamentos dos hóspede.
— Os pagamentos são enviados da Booking diretamente para a conta bancária do hotel, de frequência semanal ou mensal. E sempre após o hóspede ter feito o check-out.
— Pagam uma comissão para cobrar os pagamentos, cerca de 1,3% na Europa.
— Não têm acesso a qualquer tipo de detalhes sobre o cartão de crédito.

Hybrid Model (compatível com AmenitizPay):

— Utilizadores “trusted”.
— Os hóspedes serão apresentados com duas opções antes de uma reserva:
Opção 1: para “Pagar agora na reserva”. Esta opção envia um Cartão de Crédito Virtual para o hoteleiro. O cartão virtual é ativado no check-in. Desta forma, o cartão virtual só pode ser utilizado para o montante previamente verificado.
Opção 2: “Pagar mais tarde na propriedade”: o cartão de crédito do cliente é enviado para o hoteleiro.

Hotel Collect (compatível com AmenitizPay):

— Utilizadores “trusted”.
— Ao optar por não participar no “Payments by Booking”, o hoteleiro terá automaticamente acesso ao cartão de crédito “real” do cliente, livrando-se do sistema de pagamento virtual de cartões de crédito da Booking.
— O cartão de crédito do hóspede será cobrado conforme o calendário de pagamentos do hoteleiro.
— O hoteleiro pode, por exemplo, cobrar o cartão por custos e serviços adicionais antes da chegada do hóspede, ou mesmo reembolsar o cartão.
— A pré-autorização pode ser estabelecida no cartão de crédito do hóspede, dependendo do ‘software’ que o hoteleiro utiliza para gerir o negócio (a AmenitizPay permite-lhe fazer esta operação). 

Como alterar a forma de pagamento no Booking?

Se quiser saber que tipo de conta possuí o seu negócio, recomendo que entre em contacto diretamente com o serviço apoio ao cliente da Booking, uma vez que não há uma forma clara de encontrar esta informação.

Sabemos que os hoteleiros têm formas de desativar o modo “Exclusive” e o “Hybrid Model”, se assim o desejar.

Também sabemos como configurar uma conta “Hotel Collect” para processar pagamentos diretamente com os cartões de crédito dos hóspedes, em vez do cartão de crédito virtual da Booking. Siga os seguintes passos:

Primeiro passo:

No seu perfil, entre em Finanças > Configurações de finanças > Desativar “Payment by Booking.com”.

Segundo passo:

Propriedade > Políticas > Editar > Em “Quanto é cobrado ao hóspede pelo cancelamento dentro de 1 dia antes da chegada” selecione “50% ou 100%”.

Na mesma página, entre em Pré-pagamento > em “Quer cobrar aos convidados antes de eles chegarem” selecione “Sim”.

Terceiro passo:

Em “Quando deseja receber o pagamento” selecione “Antes do cancelamento gratuito terminar”.

Em “Como irá receber o pagamento” selecione “Cartão de crédito”.

Clique em “Guardar”.

Por último, para confirmar que estas alterações lhe dão acesso ao CVC do cartão de crédito do hóspede, entre em contacto com serviço apoio ao cliente da Booking. Se não alterar estas definições, é muito provável que a Booking defina automaticamente o plano “Hybrid Model” para o seu perfil.

Obviamente que se é cliente da Amenitiz e utiliza a nossa solução de pagamentos AmanitizPay, poderá sempre entrar em contacto com a nossa equipa para o ajudar com estes passos! 


Poderíamos dizer que a jogada da Booking não cria surpresa ao hoteleiro mais atento. Sabemos perfeitamente que a Booking sempre procurará por estratégias para dominar o mercado online da hospitalidade. Por isso criamos a Amenitiz! A plataforma tudo-em-um que lhe garante mais reservas diretas através do seu próprio website e menos comissões a terceiros. O AmenitizPay é a nossa solução de pagamento concebida especificamente para o sector do alojamento. Permite-lhe automatizar todos os pagamentos das diferentes OTAs e do seu website, permitindo-lhe ter tudo sob controlo, diretamente no PMS. Esqueça as pré-autorizações manuais e os pedidos de pagamento! O AmenitizPay automatiza todos os processos para ser sempre pago a tempo! Existimos para ajudar qualquer alojamento turístico a expandir o seu negócio, facilitando tarefas e poupando tempo para o que mais lhe interessa: os seus clientes. 

Rafael da Silva

30 Nov, 2022